quarta-feira, 31 de outubro de 2012

HALLOWEEN


DOCE OU TRAVESSURAS?
Algumas pessoas são contra a festa de "Halloween"... uns dizem que não faz parte da nossa cultura por ser americana, e outros ( fanáticos religiosos) que é coisa do capiroto. Em primeiro lugar eu quero dizer que, independente de qual religião professamos, a cultura de um povo precisa ser respeitada/preservada, porque se assim não for, vai se transformar em guerra ( a cultura de um povo é a identidade daquela nação).
Bem, quem trouxe essa festa para o Brasil foram os Cursos de Inglês e ela, desde que aqui chegou, já se transformou... não é do mesmo jeitinho dos EUA, digamos que já se "abrasileirou". E com o advento da internet (globalização), as culturas meio que se misturaram. Muita gente (neste dia 31/10) faz apologias aos nossos Seres Fantásticos ( como o Saci, o Curupira, a Cuca, a  mula sem cabeça....), mas eles já tem o seu dia no nosso calendário. O que acontece é que as pessoas não comemoram com tanta intensidade como o fazem no "Halloween"... fazer o quê se a maioria dos brasileiros não dá valor ao que é seu ?
Não é por isso que vou detonar ou estragar o divertimento dos outros.
Eu não posso impor a minha vontade sobre a dos outros (cada um tem o livre arbítrio de escolher os seus caminhos. Lembra, está na Bíblia), é isso que alguns fanáticos religiosos tentam fazer com esses movimentos ( esses sim) malígnos...detonar com a cultura de um povo em prol de suas crenças, provocar desavenças, guerras religiosas. Outra coisa, esta festa também é divertimento dos nossos filhos/netos, porque desde que os colocamos nesses Cursos de Inglês que eles comemoram esse dia porque faz parte do calendário festivo da instituição de ensino. Portanto, é também apedrejar e cercear a liberdade de nossos próprios filhos que tem o direito de fazer suas próprias escolhas, independente daquilo que acreditamos naquele momento. Ou vai dizer que você (quando adolescente) não comemorou? Eu cansei de comemorar no curso de inglês... não morri, não fui atropelada, não fiquei aleijada, não fui castigada e nem vou para o inferno por causa disso. O que nos faz merecer a Glória de Deus são as nossas ações e não as nossas palavras.
Mais respeito com a cultura dos outros,sô! O seu limite termina quando começa o meu.

Um comentário:

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Sil
Meus netinhos gostam da festa de hoje... não misturamos com Religião de jeito nenhum... nada a ver!!!
Bjs de paz e bem